Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de junho de 2011

Os Carbonos: Que bacana (single de 1968)

"Que bacana", campeã em São Paulo, foi gravada originalmente por Suely e Os Kanticus"

Após a postagem da coletânea “Psicodelia brasileira”, na qual consta uma faixa do grupo paulista Os Carbonos, lembrei-me deste raro compacto de 1968. O single reúne duas faixas campeãs na fase paulista do primeiro Festival Universitário da Canção Popular, realizado pela TV Tupi em quatro edições (de 1968 a 1971), no Rio de Janeiro e em São Paulo, exclusivamente para compositores universitários. O lado A do disco traz “Que bacana”, de Richard Carasso, mais conhecida pela gravação de Suely e os Kanticus. Já no lado B temos “O tigre”, de Márcio Tadeu, segunda colocada em São Paulo. Na final, a vencedora do festival foi “Helena, Helena, Helena”, de Alberto Land, interpretada por Taiguara.
O grupo os Carbonos surgiu em meados dos anos 60 na onda da Jovem Guarda. Como o próprio nome sugere, a banda só gravava músicas de sucesso de outros intérpretes, e se tornou especialista no que hoje denominamos como 'covers'. Assim como outras bandas da época, como os The Fevers, Os Carbonos gravaram também com outros nomes, como Andróides, The Mackenzie Group, Carbono 14 e The Magnetic Sounds, sendo este último gravando a série de lps "Super Erótica", muito popular na época. O que fez dOs Carbonos um grupo musical de sucesso, não foi apenas a escolha de repertórios marcados, mas principalmente a qualidade de seus músicos e fidelidade na execução. Eles foram pioneiros.

Lado A - Que bacana (Richard Chemtob Carasso)
Labo B - O tigre (Marcio Tadeu)

Aqui: http://www.mediafire.com/?sd3e55hygkgratu

2 comentários:

  1. Novo link:

    http://kiwi6.com/file/v8qsd8vhl4

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Novo link:

      http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/60+-+OC,1059549179.rar(archive)

      Excluir