Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de maio de 2012

O rock de garagem do Roberto Reggiani (1967)

Disco do Roberto Reggiani, com baixo custo de produção, é exemplo de rock de garagem

Ouvi recentemente uma coletânea do chamado rock de garagem. A surpresa foi encontrar no repertório gravações realizadas em estúdios de grandes gravadoras. Sempre achei que rock de garagem é justamente o contrário. É aquele disco de baixo custo de produção realizada nos anos 1960, e que incentivou o jovem a se interessar pela música, revelando novos talentos. Segundo definição do Wikipedia, o "rock de garagem é uma forma não trabalhada de rock and roll que ficou famosa primeiramente nos Estados Unidos da América e Canadá entre 1963 e 1967. O rock de garagem não foi reconhecido como um gênero de música independente, durante os anos 1960, e nem foi dado nenhum nome específico, nestes anos, para seu estilo".

"No início dos anos de 1970, alguns críticos do rock retroativamente o batizaram de punk rock. Contudo, o estilo musical foi mais tarde atribuído o termo, rock de garagem, ou punk dos anos 60, para evitar confusão com a música das bandas punks do fim da década de 1970, tais como Sex Pistols e The Clash. Deve-se a origem do termo informal, rock de garagem, as bandas dos adolescentes que muito desejavam seguir seus ídolos de rock mas que não podiam pagar as horas caras de ensaios musicais em estúdios profissionais, com seu alto custo de aluguel e, como alternativa, ensaiavam nas suas garagens de casa. Outro termo similar usado, as vezes, é backyard band (bandas de fundo de quintal)", informa o Wikipedia.

É neste contexto, de autêntico rock tupiniquim de garagem, oriundo diretamente do iê iê iê de 1967, que apresento este compacto simples do Roberto Reggiani, lançado pelo selo Presidente, o mesmo que gravou o primeiro disco do Roberto Leal (aqui). Repare que os 18 segundos iniciais de "Não voltarei" indicam coisa boa pela frente, mostrando que a banda de apoio faz o que pode, mas... Bem, o disco é destinado aos curiosos: é ruim, tem chiado, e parece que foi gravado literalmente numa garagem. Você se interessa mesmo assim? Então confira, mas não aceito reclamações (rs):

01 - Não voltarei
..... (Amaury de Carvalho)
02 - Viver sem você
..... (Roberto Reggiani)

8 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?8ybbzq579995rg2

    ResponderExcluir
  2. Puxa vida, mais uma raridade dos anos 60 desse excelente blog. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, meu amigo.
    "Passeando" por este imperdível blog,
    fui surpreendido pelo material disponível..

    Uma música em particular, tocada na
    webradio TUNEL DO TEMPO, me chamou a atenção:

    CÓDIGO 90 - Não Me Encontrarás.

    Você já postou esta raridade? não consegui localizar.

    Seria possível uma postagem deste obscuro e
    interessante grupo do final dos anos 60?

    Obrigado!!

    Peter Hammill - SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Peter,

      Muito obrigado pelo comentário. Infelizmente não postei no blog a música do Código 90, mas acredito que a galera da Túnel do Tempo pode ajudá-lo. Você pode deixar recado com seu pedido no site da webrádio. Abs.

      Excluir
    2. Peter

      O Wilton Sevira, um dos apresentadores da webrádio, me enviou a música do Código 90. Você pode baixar neste link:

      http://www.4shared.com/mp3/CxcztPB_/Cdigo_90_-_No_Me_Encontrars.html

      Excluir
  4. Srs. Tenho interesse em fazer parte do Grupo, porém estou com dificuldade de o fazer diretamente pelo Blog.

    Agradeço a atenção

    Cicero

    ResponderExcluir
  5. parabens pelo excelente trabalho. sou colecionador de rock brasileiro e aqui encontrei um tesouro

    paulão atitude
    rádio a ferro e fogo

    ResponderExcluir
  6. Novo link:

    http://www.4shared.com/rar/f2Zuo61T/287_-_RREGIANI.html

    ResponderExcluir