Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Luiz Américo - A distância (CS Som Maior - 1968)

Cantor iniciou carreira em 1966 na RCA após vencer programa de calouros do Silvio Santos

Este compacto é da fase desconhecida do sambista Luiz Américo. O disco, de 1968, marca a estreia do cantor na Som Maior, onde gravou outro single em 1969, após passar dois anos no elenco da RCA Victor. Nesse período, fortemente influenciado pela Jovem Guarda, Luiz Américo era personagem conhecido do grande público, apesar de não emplacar nenhum sucesso. A fama se deve ao Programa Silvio Santos, onde venceu a final de um campeonato de calouros, realizada num estádio de futebol, após acirrada disputa. O sucesso só viria em 1973 quando mudou de estilo e gravou “Desafio”, mais conhecida como "Cuca cheia de cachaça". Daí em diante sua carreira deslanchou num rosário de hits, como “Camisa 10”, “Fio da véia”, “Na casa da tia Ciata”, “Carta de alforria”, “Casa cheia”, “O gás acabou”, “Na hora da sede”, entre outros.

Segundo o Wikipedia, o cantor ganhou 10 Globos de Ouro, 14 Cassinos de Ouro do Chacrinha, e o prêmio de Melhor cantor nacional, realizado por Flávio Cavalcanti. Sua imagem ficou marcada pelo uso do boné. Foi um dos maiores ídolos populares da geração das décadas de 1970 & 1980. Seu maior sucesso foi a canção “Camisa 10”, que teve uma grande repercussão por falar da Seleção Brasileira de Futebol de 1974, comandada pelo técnico Zagalo, que depois de se tornar tricampeã mundial no México, atravessava um período de altos e baixos para disputar a Copa da Alemanha de 1974. Vendeu milhares de cópias. Recebeu prêmios no Brasil e no exterior, graças ao enorme talento. Confira:

01 – A distância
..... (Dori Edson - Marcos Roberto)
02 – Brinquedo de amar
..... (Julio Nunes)

Arranjo e regência de Portinho

11 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?zp890c425jl4s87

    ResponderExcluir
  2. muito obigado pelo compacto do luiz américo há muito tempo procurava esse compacto, será que o amigo teria os outros compactos dele dessa fase jovem guarda pois ele gravou mais compactos fico aguardando.

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Chico, por mais estas pérolas raras.

    Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  4. Você tem o compacto do Luiz Wanderlei que tem a música "Tá todo mundo louco, tá todo mundo de cabelo grandão..."? É da época da Jovem Guarda e se não me engano da gravadora Continental(?). Se tiver vai ser um grande achado para a Jovem Guarda por que não existe em lugar nenhum na internet. Obrigado por tudo.

    ResponderExcluir
  5. Chico, eu tenho procurado em vão em todos os blogs que postam raridades, a musica "Linda e sem alma" com Antonio Marcos versão de "bela senz'anima". Você não tem, por acaso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge Luiz

      Eu não tenho o disco, mas o nosso amigo Wilton Sevira, apresentador do programa "Momentos eternos", da web Rádio Túnel do Tempo, atendeu ao meu pedido na comunidade MC&JG, a quem renovo meu agradecimento. Você pode baixar a música solicitada neste link:

      http://www.mediafire.com/?0ee39ukljbjlm08

      Excluir
  6. Valeu Chico, um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. valeu Chico. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Este link morreu mesmo.

    carlos

    ResponderExcluir
  9. Novo Link:

    http://www.4shared.com/rar/e7v7gp7Gce/208_-_LZAMRC.html?

    ResponderExcluir