Pesquisar este blog

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Bubby - A cantora oriental da Jovem Guarda

Bubby gravou apenas três singles, dois na RGE e um na RCA Victor, entre 1967 e 1969

Sempre soube da existência de uma cantora da Jovem Guarda de origem japonesa que se apresentava como Bubby. Os comentários sobre ela partiam mais de um amigo - o saudoso Jair Martins, a quem homenageio com esta postagem. Ele elogiava sua beleza e voz, e lamentava por não ter disco da cantora, apesar de procurá-los. Eu, por minha vez, passei a alimentar ao longo dos anos a curiosidade de ouvi-la. Até que um dia, num sebo, encontrei um compacto simples, e posteriormente comprei outro numa feira de vinil.

Pesquisei na Internet e constatei que seu nome de batismo é Olga Hayashi, nascida em 23 de março na cidade paulista de Pompeia. Iniciou a carreira na Rádio Clube de Marília em programas infantis. Mais tarde, transferiu-se para a capital, sendo logo contratada pela extinta TV Excelsior - Canal 9, apresentando-se no "Programa dos Incríveis". Gravou o primeiro compacto em 1967 pela RGE, acompanhada pelo grupo The Rebbels, com as
músicas “Diga de uma vez” (uma versão de "Tell me to my face") e “Ele me deixou” ("Cheryl’s goin’ home"). No ano seguinte, outro disco, com arranjo e regência de Portinho: "Melhor é ser feliz com o que se tem" (versão de "The other man's grass is always greener") e “Once I had a dream”.

São esses dois primeiros singles que consegui comprar. Há um terceiro e último, de 1969, gravado na RCA Victor. O disco traz “Canção para um ser só”, música japonesa com versão feita pela própria Bubby, que consegui baixar no Soulseek. O problema é que até agora desconheço o nome da canção que está no lado B. Se alguém souber, por favor, me informe. E se a tiver disponível, ficaria agradecido se puder me enviar para completar a coleção. Prometo postá-la no blog com o devido crédito ao colaborador.

Bubby, segundo artigo na Internet, vem de uma família de dez irmãos. Alguns deles também se envolveram com a música: Hélio, que chegou a montar um conjunto de rock; Nadir, também cantora, com disco gravado na RCA Victor; Nancy, outra cantora, e China, que foi divulgador da RGE. Bubby e Rosa Miyake foram as duas musas orientais na Jovem Guarda, sendo que a pioneira, contemporânea de Celly Campello, foi a cantora Yoko Abe. Confira as músicas:

01. 1967 - Diga de uma vez (Tell me to my face)
(A. Clarke – T. Hicks – G. Nash – versão: Lilian Knapp)

02. 1967 - Ele me deixou (Cheryl’s goin’ home)
(Bob Lind – versão: Fred Jorge)

03. 1968 - Melhor é ser feliz com o que se tem (The other man’s grass is always greener)
(T. Hatch – J. Trent – versão: Lílian Knapp)

04. 1968 - Once I had a dream
(Roger Cook – Roger Greenaway)

05. 1969 - Canção para um ser só (faixa bônus)

Download aqui

10 comentários:

  1. Novo link:

    http://kiwi6.com/file/a2dinuw6h5

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Novo link:

      http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/80+-+BUB,1059502166.rar(archive)

      Excluir
  2. Olá amigo.
    A outra canção é "O Mundo É Você" de autoria do Dom (da dupla com Ravel), faixa em que ela divide o canto com o próprio autor da música, Dom.
    Esta saiu no lado B de um compacto da RCA em 1974, cujo lado A, como você já disse, era a "Canção Para Um Ser Só" (Tokiniwa Hahano Naikono Yoni) (Shuji Terayama, Michi Tanaka - vs. Bubby).
    Abçs.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o seu comentário; vejo que vc sabe tudo dessa ferinha...

    ResponderExcluir
  4. AMIGOS

    Eu tenho uma informação preciosa, que muitos não sabem.
    BUBBY tem mais um disco.
    Isso mesmo, um 78 rotações do ano de 1963, ela gravou uma música do Vinicius de Moraes ( em japonês) e uma outra de sua autoria.
    O selo do disco era V.S ( vilela santos ) do diretor ( Ataliba Santos)
    Tinha arranjos do maestro Rogério Duprat.

    * BUBBY - 1963 - selo VS.// 78 RPM

    Lado A - KIMI NA KUTÊ NOOZOMI ARAZU ( sem você meu amor, eu não sou ninguém) ( Vinicius de Moraes )

    Lado B - CANÇÃO DA SÚPLICA ( Bubby)

    Abraços

    EDMAR - Belo Horizonte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Edmar, por acaso você poderia compartilhar a gravação dessas duas músicas?
      Obrigado.
      Aliás, o nome original da primeira canção é "Samba em Prelúdio", e a música é do Baden e do Vinícius. ABRAÇO..!

      Excluir
    4. Oi Pedro. Eu não tenho esse 78 rpm - Foi a Propria Bubby quem me informou sobre ele. Na biblioteca Musical de SP tem disponivel pra ouvir. Inclusive eu conseguí um LP que se chama DISTRAÇÃO no qual é do maestro Duprat e que tem a versão instrumental dessa primeira música composta por Bubby. ( Canção da súplica ) Tenho a letra que ele me mandou. Abraço Edmar

      Excluir
  5. olá, eu sou nanci hayashi irmã de bubby, atualmente a bubby reside no kansas esta com 69, eu também procurei por muito tempos artigos e fotos da bubby, eu infelizmente não consegui encontrar nenhum disco dela. se eu não estuver enganada o nome da musica que vc procura esta em um link no you tube em um documentario sobre a jovem guarda. link woshington moraes. grata Nanci Hayashi

    ResponderExcluir