Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de julho de 2011

Rosa Miyake em Tóquio (1968)

Disco de 1968 foi gravado e produzido em Tóquio por renomados músicos japoneses

Impossível não lembrar da cantora e apresentadora Rosa Miyake depois da postagem dos dois singles da Bubby. A artista, que hoje mora nos Estados Unidos e atua como empresária no segmento de golfe, segundo informa um artigo de 2008, chegou a se apresentar e gravar em 1968 um disco no Japão. A contracapa da versão brasileira deste LP informa: “Discos Astrophone orgulhosamente lança ao público este LP “Rosa Miyake em Tókyo”, inteiramente produzido no Japão, em som “stereophone”, na ocasião da sua temporada vitoriosa naquele país. Os arranjos das músicas foram cuidadosamente preparados pelos famosos maestros japoneses Jiro Takemura e Akira Arita. Este disco foi lançado também no Japão pela gravadora Polydor japonesa, que é representada no Brasil pela Astrophone. O sucesso deste LP no Japão é motivo de grande orgulho para todos nós da colônia japonesa e também para os brasileiros, pois a Rosa Miyake é a primeira cantora representante nissei a fazer sucessos espetaculares no exterior, trazendo assim uma vitória artística para o Brasil”.

A cantora, paulista de Guararapes, canta desde os 12 anos. Freqüentava emissoras de rádio e participava de programas de calouros, conforme informa a contracapa do primeiro single – “A Rosa japonesa que canta” – lançado em 1966 pela Chantecler. Assim, recebeu alguns prêmios em concursos musicais, tais como “a melhor cantora da colônia nipo-brasileira”, de acordo como votação popular promovida pela rádio Santo Amaro de São Paulo (onde Rosa chegou a apresentar um programa), e o troféu “Voz de Ouro” da música japonesa. Foi também a primeira princesa no concurso Miss Nikkei.

Um fato curioso, contado pela própria artista, envolve Roberto Carlos. Um dia, o cantor foi convidado para se apresentar na Rádio Santo Amaro, mais direcionada ao público nipônico, e queria cantar uma música em japonês. Foi ela quem teve a missão de ensiná-lo. A música ensaiada foi “Sukiyaki”, do repertório de Kyu Sakamoto, e que ficou conhecida no Brasil pela versão “Olhando para o céu”, gravada pelo Trio Esperança. “Ele colocou a letra da música coladinha no violão e tocou tão lindo. A plateia aplaudiu de pé. O Roberto Carlos cantando em japonês! Fiquei feliz porque eu é quem tinha ensinado”, disse Rosa em entrevista comemorativa ao centenário da imigração japonesa no Brasil. Foi assim que ela o conheceu e recebeu o convite para se apresentar no programa Jovem Guarda, tanto que gravou a versão japonesa de “Namoradinha de um amigo meu”. Por enquanto, curta este LP:

01. Yuhbe No Himitsu
02. Sakamichi No Club
03. Koi No Tokimeki
04. Akazaka (Como está)
05. Yogiri Yo Kon-Ya Mo Arigatoh
06. Urashima Taro
07. Shiroi Omokague
08. Koi No Shizuku
09. Namida No Kawaku Made
10. Shirisugita No Ne
11. Koyubi no Omoide
12. Tenshi No Shuhkan (Angel's Love)
13. Minamijuhji No Hoshi Ni Naku
14. Shiritakunai No (I Really Don't Want To Know)

3 comentários:

  1. Novo link:

    http://kiwi6.com/file/iu69jee2lm

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Novo link:

      http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/82+-+RMT,1059504795.rar(archive)

      Excluir
  2. Cara....Muito bom mesmo! Vale a pena. Tudo funciona legal.Obrigado sempre...do agora amigo Clovis . cda15@itelefonica.com.br

    ResponderExcluir